Agricultura 4.0: saiba tudo sobre essa revolução

As novidades tecnológicas possibilitam uma série de otimizações no agronegócio. Saiba mais! 

Você provavelmente já ouviu falar sobre a agricultura 4.0, não é mesmo? Para você saber mais sobre o assunto e entender de uma vez por todas as mudanças que essa era trouxe para o mundo agro, preparamos o seguinte material. Confira! 

Afinal, o que é agricultura 4.0? 

A agricultura 4.0 é um conjunto de tecnologias de ponta, empregadas simultaneamente para otimizar a produção no campo. Ou seja, é quando as inovações em equipamentos, sistemas e softwares atuam em conjunto com um único propósito: proporcionar mais facilidade, informação e produtividade aos agricultores.  

Benefícios da agricultura 4.0 

As tecnologias incluídas nesse novo modelo de negócio trazem benefícios para todos os produtores rurais. Afinal, com recursos como drones, pilotos automáticos e GPS, é possível produzir mais gastando menos.  

Conheça os principais benefícios da agricultura 4.0 abaixo: 

  • Aumento da produção e produtividade; 
  • Identificação de pragas; 
  • Diminuição de impactos ambientais; 
  • Monitoramento das operações agrícolas; 
  • Redução de custos operacionais; 
  • Redução de desperdícios; 
  • Maior previsibilidade da safra. 

Além disso, a maior vantagem da agricultura 4.0 é a quantidade de informações vitais que ajudam o produtor rural nas tomadas de decisão. Por exemplo, graças aos dados meteorológicos, informações sobre o solo, pragas e localização geográfica, é possível prever eventos futuros e se beneficiar. 

Tecnologias aplicadas 

Confira algumas das principais tecnologias utilizadas para aprimorar a produção rural: 

  • Drones: O equipamento pode ser utilizado para diversas finalidades, como encontrar pontos secos no cultivo e até mesmo na detecção de pragas e ervas daninhas; 
  • Biotecnologia: Ao optar por plantas geneticamente modificadas, é possível cultivar variedades resistentes a pragas, que dispensam o uso de agrotóxicos; 
  • Mapeamento da fertilidade do solo: Ao aplicar essa tecnologia, é possível identificar as áreas mais pobres do solo e agir com precisão para fertilizar a área. 

Como entrar nessa nova era? 

Para começar a introduzir a agricultura 4.0 em seu cultivo, é necessário investir em tecnologia e capacitação. Afinal, muitos dos novos recursos exigem um conhecimento específico para o correto manuseio. 

Além disso, é fundamental se manter ligado às novidades do setor. Isso porque muitas das tecnologias utilizadas estão em constante evolução, sendo que outras ainda estão sendo desenvolvidas.  Gostou de conhecer mais sobre a agricultura 4.0? Então aproveite para acessar o blog da Rech com frequência e fique sempre atualizado!

Visited 470 times, 1 visit(s) today

Ficou interessado? Fale com a gente!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

CONTEÚDO RELACIONADO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *