Como reduzir o custo operacional de armazenamento com silo-bag?

Silo-bags, também chamados de silo-bolsas, são uma opção mais econômica e barata de armazenamento do que as tradicionais estruturas de armazenamento, os silos. 

São especialmente indicadas justamente por serem mais econômicas e muito eficientes, permitindo que o produtor venda sua colheita em um espaço maior de tempo do que teria caso não pudesse armazenar tudo. 

Mesmo sendo uma opção mais barata, existem cuidados que podem ser tomados para reduzir ainda mais o custo operacional do armazenamento. Continue lendo e descubra sobre eles! 

O que são silo-bags? 

Antes de começarmos, é importante explorarmos um pouco mais sobre o que são as silo-bags. Elas são sistemas de armazenamento de grãos, feitas para proteger a colheita enquanto se espera o momento adequado para a venda. 

Nos últimos anos, a produção de soja cresceu muito no Brasil. Todo esse alimento é armazenado e os produtores buscam vender pelo melhor preço. Quando não se tem espaço de armazenamento o bastante, o produtor pode ser obrigado a vender por preços menores, para não perder aquela parte da produção. 

As silo-bags são uma solução para este problema. Elas são sacos grandes feitos em polietileno e servem para armazenar grãos mesmo sem uma estrutura física construída para isso. As silo-bags conseguem evitar que pragas e intempéries afetem a produção, além de manter a umidade dentro do saco e oxigênio novo fora, evitando, assim, a proliferação de bactérias. 

Além disso, elas têm a vantagem de ser móveis. É possível transportá-las cheias, algo que não é factível com silos tradicionais. 

Quais os custos? 

Existem alguns custos operacionais padrão do uso das silo-bags. Vamos explorar alguns? 

Quanto custa uma silo-bag? 

Uma silo-bag pode variar bastante de preço, variando de R$ 1000,00 a R$ 3000,00, dependendo do tamanho e fabricante. A capacidade varia, principalmente, pelo tipo de grão usado. Por exemplo, a Silo Bag IpesaSilo pode comportar em torno de 180 toneladas de soja (3000 sacas de 60kg) ou 200 toneladas de milho (3300 sacas de 60kg). 

Preciso de outros equipamentos? 

Sim. O saco sozinho não é o bastante, você precisa ser capaz de preenchê-lo e lacrá-lo, além de preparar a região onde eles serão armazenados. Para isso, algumas ferramentas são necessárias. 

É o caso da embutidora de grãos, por exemplo, que é necessária para o preenchimento da silo-bag. 

Felizmente não é necessário comprar um equipamento para remover o excesso de ar de dentro da silo-bag, já que o próprio preenchimento dos grãos remove o ar de lá e o que sobra é pouco. 

Reduzindo os custos 

A silo-bag já é, por si só, uma opção mais econômica do que os silos tradicionais. Apesar de sua vida útil ser mais curta do que a das estruturas comuns, ela é muito mais barata de adquirir e manter. 

Estima-se que, com todos os custos e vida útil considerados, o uso de silo-bags seja até 40% mais econômico do que opções tradicionais com a mesma quantidade de grãos armazenados. 

Entretanto, ainda é possível tomar alguns cuidados para evitar perdas, afinal, mesmo que estejam protegidos, os grãos ainda são matéria orgânica e a falta de cuidado pode levar ao apodrecimento ou redução de qualidade. 

Terreno 

O terreno onde a silo-bag será armazenada deve ser preparado para isso. É importante que a área não tenha plantas, o que reduz perigos como a possibilidade de fogo. 

O indicado também é usar um terreno com elevação. Isso permite que você posicione as silo-bags de maneira que, durante a chuva, a água escorra e não empoce no mesmo lugar que os grãos estão. 

Isso ajuda a proteger a silo-bag, que ao longo do tempo pode perder parte de sua vida útil para a exposição ao clima de maneira desnecessária. 

Umidade 

A umidade do lado de fora da silo-bag não é um problema, já que ela é impermeável e feita para suportar chuvas. O problema é quando a parte interna fica muito úmida. 

Parte desta umidade é necessária e natural dos grãos. Remover demais pode torná-los ressecados, reduzindo sua qualidade e inclusive podendo levar à perda do saco. 

O indicado é manter a umidade em torno de 14% dentro da silo-bag. Assim, os grãos não perdem qualidade nem ficam úmidos demais, o que facilitaria a proliferação de possíveis bactérias. 

Animais 

Não esqueça de cercar a área onde as silo-bags estão! Animais capazes de danificar a silo-bag – que é bem resistente, mas não indestrutível – podem se interessar pelo que está dentro dela, além de existir o risco de eles subirem nas silo-bags. Especialmente com animais mais pesados, isso pode danificar parte dos grãos do lado de dentro. Como as silo-bags são feitas para armazenar os grãos por 12 ou até 18 meses, esse dano pode se acumular e causar grandes perdas. 

Quantidade 

Preste atenção à capacidade da sua silo-bag e não a ultrapasse, mesmo que pareça possível. A silo-bag foi feita para comportar até uma quantidade específica de grãos com segurança. 

Tentar economizar silo-bags preenchendo-as mais do que o indicado pode resultar em perdas ainda maiores de grãos. 

Agora que você já sabe os cuidados que deve ter para reduzir os custos do uso de silo-bags, compartilhe este texto com seus amigos! Também entre no site da Rech para encontrar as melhores soluções para máquinas agrícolas!

Visited 567 times, 1 visit(s) today

Ficou interessado? Fale com a gente!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

CONTEÚDO RELACIONADO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *