Por que o sistema de fusos é tão importante na colheita de algodão?

Conheça tudo sobre o método mais utilizado para colher algodão no nosso país

Uma das principais e mais eficientes formas de colher algodão é utilizando uma máquina com um sistema de fusos. Você sabe o que é esse modelo de colhedora e por que ele é tão importante? Confira!

O que é o sistema de fusos?

Esse tipo de colheita mecanizada de algodão é também conhecido como picker. Ele é caracterizado por usar um dispositivo com fusos cônicos e estriados para a colheita.

Os fusos da máquina giram rapidamente, o que faz com que a fibra do algodão se fixe nos fusos, para então ser extraído em caroço, direto dos capulhos abertos da planta, sem puxar a casca.

Desfibradores de borracha desprendem os caroços de algodão dos fusos, e estes são levados pelo ar para o cesto da máquina.

Por que o sistema de fusos é vantajoso?

O método de colheita por fusos é muito eficiente, e é o mais utilizado no Brasil.

Sua grande vantagem é o fato de que a qualidade da fibra de algodão colhida é maior, com menos impurezas. Com os fusos, cada pluma é colhida de forma mais seletiva, o que permite mais padrão para a colheita.

Além disso, é uma máquina que trabalha com alta capacidade de colheita, com velocidade de até 6,5km/h.

Onde usar a colhedora com fusos?

Esse tipo de colhedora para algodão é tradicionalmente usada em lavouras com maior espaçamento entre as plantas, a partir de 76 cm.

No entanto, as máquinas de hoje possibilitam também o uso do sistema de fusos em plantações mais densas, com espaçamentos de até 38cm.Entendeu as vantagens desse método? Acesse o site da Rech e garanta as melhores peças de reposição para manter suas máquinas sempre com a maior produtividade!

Visited 1.032 times, 2 visit(s) today

Ficou interessado? Fale com a gente!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

CONTEÚDO RELACIONADO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *