Relatório mostra crescimento sustentável da Rech

Mesmo em meio aos desafios globais enfrentados em 2021, empresa apresentou números importantes de um crescimento apoiado em boas práticas em relação às pessoas e ao meio ambiente

O ano de 2021 foi de sólido e constante crescimento para a Rech. Apesar das adversidades causadas por esse momento difícil, a empresa expandiu, diversificou seus negócios e alcançou marcas importantes. É o que mostra o Relatório de Sustentabilidade Rech 2021. Mais do que uma prestação de contas, o relatório é um registro do momento da empresa e uma indicação para o futuro.  

“Sempre nutrimos grandes sonhos que foram se concretizando rapidamente no sentido de atender a maioria dos agricultores e empresários do setor, muitos deles em pequenos municípios”, destaca no relatório o CEO da Rech, Nilson Agostini.  

Sustentabilidade como foco  

Um dos pontos importantes do relatório é o crescimento da Rech com a estruturação de uma agenda ESG. Em 2021, foi criado o Programa de Sustentabilidade, baseado em cinco pilares principais: clientes, comunidade, governança, meio ambiente e trabalhadores. Os resultados dessa iniciativa já apareceram: a Rech foi reconhecida com a conquista do Selo Bronze Ecovadis, que avalia a responsabilidade social empresarial (RSE) e a qualidade do sistema de gestão de RSE de uma empresa por intermédio de suas políticas, medidas de implementação e resultados. A empresa foi também reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar através da certificação Great Place To Work – GPTW, atingindo a média 90, ocupando o ranking de melhores empresas do Centro-Oeste.  

“Temos consciência de que somos parte de uma engrenagem e que o nosso diferencial ajuda a construir um mundo melhor. Por isso, definimos um planejamento logístico, estratégico, de investimento e crescimento, acreditando em uma sociedade sustentável, sempre alinhados a agenda ESG (Meio Ambiente, Social e Governança) que nos norteia a trabalhar de forma natural, fazendo nosso trabalho pelo jeito certo. Está em nosso DNA ajudar a alimentar e a mover o mundo”, completa Agostini. 

Clique aqui para conferir o relatório completo.

Visited 221 times, 1 visit(s) today

Ficou interessado? Fale com a gente!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

CONTEÚDO RELACIONADO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *