Saiba a importância da troca de filtros em máquinas agrícolas e pesadas

Existem diversos tipos de filtros para máquinas, e a correta manutenção dessas peças é fundamental para a produtividade 

Tratores, colheitadeiras, pulverizadores, carregadeiras: todas essas máquinas e muitas outras, envolvidas na construção e na agricultura, precisam de uma série de filtros instalados em diferentes partes da máquina. Essas peças são importantíssimas para a produtividade da máquina e, por isso, é necessário trocá-las com frequência. Conheça os tipos de filtros e saiba o que pode ocorrer se a manutenção não for feita de forma correta.

Tipos de filtros para máquinas

Esses são os principais tipos de filtros usados em máquinas agrícolas e de construção:

filtro de ar

Filtros de ar (internos e externos): encarregado do arrefecimento da máquina;

filtro de combustível

Filtro de combustível: responsável por reter as impurezas do combustível;

filtro de óleo

Filtro de óleo (ou filtro do motor): responsável por filtrar o óleo usado na lubrificação dos sistemas da máquina;

filtro hidráulico

Filtro hidráulico: é encarregado de remover impurezas e impedir a contaminação do fluido hidráulico, responsável pelos movimentos mecânicos da máquina;

filtro de cabine

Filtro de cabine: responsável por reter partículas nocivas à saúde dos operadores dos equipamentos, como ácaros, bactérias e defensivos agrícolas, prevenindo problemas respiratórios.

Cada um dos tipos de filtros tem sua importância na manutenção do serviço da máquina e não substituí-los no tempo correto pode gerar danos para a produção e até mesmo para a vida do operador. Conheça o motivo da necessidade de troca dos filtros.

Quando devo fazer a troca de filtros das máquinas?

Os filtros de ar, de óleo e filtro de combustível precisam ser trocados normalmente com 250 horas de uso.

Isso quer dizer que, no caso de máquinas agrícolas, durante plantio e colheita, a troca é feita a cada 10 dias em média, já que a máquina trabalha o dia inteiro.

O filtro hidráulico, por sua vez, deve ser trocado com 750h – durando aproximadamente 3 vezes mais do que os demais filtros.

Já o filtro de cabine deve ser trocado com 500h.

Troca de filtros e troca do óleo

Além dos filtros, o óleo lubrificante também precisa ser substituído com a frequência estabelecida pelo fabricante.

A dica de ouro é: sempre que for feita a troca do filtro, aproveite e faça a troca do óleo – e vice-versa.

A Rech conta com óleos e filtros homologados, que são os mesmos fornecidos para as montadoras. O uso de componentes e peças de qualidade garante durabilidade e segurança para o trabalho.

O que acontece se a máquina for usada com o filtro saturado?

A produtividade é extremamente comprometida quando o filtro é usado saturado, ou seja, vencido. No entanto, cada um apresenta uma consequência específica relacionada à sua função. Confira:

Filtro de ar

Como é responsável pelo resfriamento do motor, o filtro saturado faz com que a máquina esquente, consuma mais combustível e perca desempenho e potência.

Filtro de combustível

Sem a filtragem, que separa a água e o particulado do diesel, o filtro começa a mandar água misturada ao combustível para a queima. Isso faz com que a máquina solte fumaça e perca potência.

Filtro do motor

Este filtro, quando não trocado, gera superaquecimento do motor e a perda da aditivação.

Filtro de cabine

Um dos filtros mais importantes, já que está diretamente ligado ao operador da máquina. Sem a troca desse filtro, a cabine fica exposta às impurezas do ambiente, como poeira no ar e até mesmo defensivos agrícolas.

Tirou suas dúvidas? A Rech conta com os melhores filtros, para diversos tipos de máquinas. Acesse o nosso site e confira!

Visited 2.185 times, 3 visit(s) today

Ficou interessado? Fale com a gente!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

CONTEÚDO RELACIONADO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *